quinta-feira, 9 de abril de 2009

QR Code: do impresso para o celular



No dia 10 de dezembro de 2008 anunciamos aqui no blog a implantação da tecnologia QR Code no jornal impresso A Tarde, de Salvador, uma iniciativa pioneira no país em um jornal. Em 11 de março deste ano apresentamos outra experiência do uso de QR Code no canal de tv Multishow. Agora nos deparamos com a revista Viagem, da editora Abril, que está colocando os códigos em algumas de suas matérias para remeter para fotos, vídeos e outras informações complementares dos roteiros turísticos. Desde a edição de dezembro que a revista Viagem utiliza o recurso como forma de estabelecer uma conexão impensável há dez anos, por exemplo, entre uma mídia impressa e digital.
A tecnologia QR Code ainda é pouco conhecida no Brasil, mas no Japão é utilizada de uma forma corriqueira para acessar no celular todo tipo de informação como em cinemas, museus, metrô além dos usos em práticas da mídia locativa. O professor André Lemos, da FACOM/UFBA, vem desenvolvendo algumas experiência neste sentido junto ao Grupo de Pesquisa em Cibercidades e a disciplina de mídia locativa da graduação. O próprio André Lemos foi o primeiro a me apresentar a tecnologia e demonstrar seu funcionamento nos celulares.
O uso artístico ou informacional do QR Code demonstra o potencial de sua utilização em variadas formas a partir do acionamento das tecnologias móveis digitais com um leitor do código incorporado e a disponibilidade de conexões sem fio que gera esta interessante interface entre o analógico e o digital.
(as fotos acima são da edição de abril).

Leia mais sobre o assunto na nossa tag QR Code

4 comentários:

Izaíra Thalita disse...

Parabéns, viu. Tenho acompanhado seu site e considero esse assunto realmente estimulante. A possibilidade do jornalismo acontecendo na web, no celular.
Um abraço.

Fernando Firmino da Silva disse...

Oi Izaíra, obrigado pela visita no blog. O assunto me parece também estimulante. São novas interfaces acontecendo no jornalismo.

abs

fernando

Carlos Azevedo disse...

Oi, Fernando,
Como vai professor?! Manda notícias. Um abração!

Fernando Firmino da Silva disse...

Olá, caro amigo professor Carlos Azevedo. Prazer em tê-lo por aqui. Enviei um email para sua caixa postal.

abs